buscar

Como funciona o Preço Médio na Bolsa de Valores

O preço médio é uma estratégia muito comum de ser utilizada dentro da Bolsa de Valores. O preço médio de ações é saber o quanto, em média, custa uma única ação de um lote maior de ações adquiridas ao longo do tempo em diferentes momentos, em diferentes volumes e em diferentes preços.

Economia
6 meses atrás
Como funciona o Preço Médio na Bolsa de Valores

Calculando o preço médio você vai saber se houve valorização da sua carteira. Pode-se fazer preço médio em qualquer tempo operacional e com qualquer tipo de papel. Porém, é mais frequente vermos a prática de preço médio em tempos operacionais mais curtos como o day trade.

O que é o Preço Médio?

O preço médio (PM) é a média de preços de compra e venda de ativos. A fórmula utilizada para calcular o preço médio pago por um ativo considera que o investidor realizou a compra de um mesmo ativo, mais de uma vez.
O preço médio (PM) é a média de preços de compra e venda de ativos. A fórmula utilizada para calcular o preço médio pago por um ativo considera que o investidor realizou a compra de um mesmo ativo, mais de uma vez.

O preço médio é a média ponderada do preço de aquisição de determinado ativo, representando preço médio de aquisição, usado para calcular o lucro de uma operação, quando um ativo é negociado por mais de uma vez, com preços diferentes em cada operação.

O cálculo do preço médio é basicamente a quantidades compradas de ações, multiplicando-as pelos seus preços. Ao final, basta somar todos os valores investidos e dividir pelo total de ações em sua posse. O cálculo utiliza a seguinte fórmula:

Preço Médio= [(Q1 x P1)+(Q2 x P2)+ (Qn x Pn)] ÷ TA

Onde:

Q = Quantidade de ações compradas
P = Preço de compra das ações
TA = Total de ações em carteira

Por exemplo:

Dia 07/10 você compra 1000 ações ABDC4 a R$15,00;
Dia 10/10 você compra 2300 ações ABDC4 a R$11,00;
Dia 13/10 compra mais 1200 ações ABDC4 a R$13,00;

Calculando o preço médio dessas operações, sem considerar custos com corretagens, temos: 15.000,00 + 25.300,00 + 15.600,00 = 55.900,00 / 4.500 (ações) = R$ 12,42 . Portanto seu preço médio é R$ 12,42.

Por que fazer o Preço Médio?

Em economia, o custo médio ou custo unitário. é igual ao custo total dividido pelo número de bens produzidos (a quantidade de saída, Q) Também é igual à soma da média dos custos variáveis ​​(custos variáveis ​​totais divididos por Q) mais os custos fixos médios (total dos custos fixos dividido por Q). Custos médios podem ser dependentes do tempo considerado oscilações na produção no curto prazo, por exemplo. Os custos médios afetam a curva de oferta e são um componente fundamental na definição da oferta e da demanda.
Em economia, o custo médio ou custo unitário. é igual ao custo total dividido pelo número de bens produzidos (a quantidade de saída, Q) Também é igual à soma da média dos custos variáveis ​​(custos variáveis ​​totais divididos por Q) mais os custos fixos médios (total dos custos fixos dividido por Q). Custos médios podem ser dependentes do tempo considerado oscilações na produção no curto prazo, por exemplo. Os custos médios afetam a curva de oferta e são um componente fundamental na definição da oferta e da demanda.

Calcular o preço médio de suas ações é importante para saber se o preço médio unitário que foi paga por cada uma das ações é superior ou inferior ao preço de mercado: se o preço médio é superior, isso significa que está no prejuízo e talvez seja uma boa comprar mais para baixar o preço médio e ganhar um pouco mais em uma eventual alta.

Além disso, é preciso ter controle sobre o valor exato pensando no Imposto de Renda. Na hora de declaração, não podem haver erros e, no caso de múltiplas compras, isso pode acontecer se não houver cuidado e atenção com o cálculo do preço médio.

Muitos investidores gostam de usar essa estratégia quando fazem uma compra inicial e, ao contrário da expectativa, o valor do ativo cai. Assim, uma oportunidade é comprar novamente o título, encontrando um preço médio melhor.

O preço médio é usado na maioria dos caso para se safar de prejuízos. Usar o preço médio como um forma de estratégia constante, nem sempre é um bom negócio, isso pode acabar falindo você. O preço médio é indicado para curto prazo, há quem prefira ainda fazer isso no fechamento, com pelo menos 1h antes do encerramento.

A melhor maneira de o operador não cair na armadilha do preço médio, é usando STOP desde a sua primeira entrada no ativo. Se o ativo cair e acionar o STOP, ele deve aguardar para comprar novamente quando houver algum sinal de reversão da queda.

O conceito de preço médio de ações deve ser de conhecimento e usado por todos a fim de haver um controle sejam de trades de curto prazo seja de investimentos de longo prazo.

O que é cashback e como funciona
Você já deve ter visto que algumas lojas virtuais oferecem uma parte do dinheiro da compra de volta através do sistema de cashback. Isso que parece impossível, na verdade pode...
O que faz um Market Maker
Um market maker pode ganhar dinheiro através do que chamamos de “dar liquidez ao mercado” e de spread....
Entenda o que é COE, o Certificado de Operações Estruturadas
Entre os tipos de COE existentes, podemos citar os dois grandes grupos existentes, sendo eles o COE com Capital Garantido e o COE com Capital de...
Qual a coisa mais importante ao comprar ações?
Lynch ainda diz que por trás de cada papel, sempre existe uma empresa por trás, e que a mesma é a chave para a valorização daquela ação. Por exemplo, a Coca Cola tem um...
O Que São Debêntures
Especificamente debêntures são conhecidas como Bonds no exterior, é um título de dívida de empresa que oferece direito de crédito ao investidor. Trata-se de uma renda fixa,...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...